COMO AS CIDADES PODEM SE TORNAR AMBIENTES FAVORÁVEIS À BOA ALIMENTAÇÃO?

Como vimos antes, diversos fatores influenciam o acesso a uma alimentação saudável. E o lugar onde as pessoas moram é um dos principais elementos que facilitam ou dificultam esse acesso.

As famílias, em seu dia a dia, costumam consumir o que está mais próximo às suas casas. Ou seja, comprar na feira ou fazer refeições em fast foods são escolhas diretamente relacionadas à proximidade desses lugares.

Os alimentos in natura, geralmente, são mais perecíveis e mais difíceis de serem comercializados. Por isso, é mais comum que os bairros mais afastados do centro tenham menor oferta desses alimentos. Em alguns lugares, esse acesso é tão difícil que eles são considerados “desertos alimentares”.

Mas o que podemos fazer para criar, em nossas cidades, ambientes favoráveis à boa alimentação?

Veja quais são as 4 ações principais
que podem ser adotadas:

1. Priorizar a compra de alimentos in natura em pequenos comércios locais, como sacolões e quitandas.

2. Criar ações que promovam feiras em bairros distantes, de forma regular e com preço justo.

3. Participar da criação de hortas comunitárias em espaços públicos como praças, escolas, unidades de saúde e outros.

4. Exigir que as escolas ofereçam alimentação saudável em refeitórios e restrinjam a oferta de ultraprocessados nas cantinas e no seu entorno.

Continue acompanhando este site para saber mais sobre como promover a alimentação infantil saudável e prevenir a obesidade em crianças e adolescentes.

Saiba Mais:

Compartilhe

Quer ver mais conteúdos como esse?
Cadastre-se para ser avisado dos nossos posts semanais.


Gostaria de mais informações ou tem alguma dúvida?
Manda uma mensagem pra gente!

Posts relacionados

Siga nossas redes sociais

Siga nossas redes sociais

Parceiros

Parceiros