Desiderata se reúne com Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro para discutir saúde infantil

Câncer e Obesidade em crianças e adolescentes foi tema da reunião, marcando a continuidade da parceria com o governo municipal

O subsecretário geral de Saúde do município do Rio de Janeiro, José Carlos Prado Júnior recebeu, virtualmente, na última quarta, dia 10, a diretora executiva do Instituto Desiderata, Roberta Costa Marques, os gestores de projetos Carolina Motta e Lucas Sanches e a analista de saúde Elisa Mendonça para uma apresentação da atuação do instituto e os principais projetos do ano.

O Instituto Desiderata trabalha em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde desde 2005, e já implementou inciativas com as gestões anteriores do prefeito Eduardo Paes, alcançando bons resultados, principalmente, com o Unidos Pela Cura (UPC), política de promoção do diagnóstico precoce.

Além de reforçar e ampliar as ações relacionadas à prevenção e ao tratamento do câncer infantil, o objetivo do Desiderata junto à secretaria é implementar uma linha de cuidado para a prevenção e o tratamento da obesidade infantil no município. Foram discutidas também a adesão do Rio aos programas Saúde na Escola, Crescer Saudável e à Estratégia de Prevenção e Controle da Obesidade Infantil (PROTEJA), do Ministério da Saúde.

A equipe também apresentou ao subsecretário o novo plano de capacitação à distância do instituto, que prevê a formação de mais de 6 mil profissionais da estratégia Saúde da Família do estado do Rio de Janeiro para o encaminhamento de casos de câncer infantil e obesidade infantil.

“Uma conversa com a nova gestão é fundamental para alinharmos nossas ações às prioridades da secretaria municipal de saúde e, assim, contribuir efetivamente com as políticas públicas voltadas para a saúde das crianças e adolescentes”, ressalta Roberta Costa Marques, diretora do Desiderata.

O subsecretário geral de Saúde reforçou a parceria já existente com o instituto e apontou que o câncer e a obesidade são prioridades para a Secretaria Municipal de Saúde, propondo alinharmos próximos passos com as equipes técnicas responsáveis por ações nesses temas.