Unidos pela Cura

Política pública de promoção do diagnóstico precoce do câncer infantojuvenil no Rio de Janeiro.

Em 2003, quando fundado, o Instituto Desiderata definiu sua atuação na área de Oncologia Pediátrica.  Acreditando na importância do trabalho coletivo para a solução de problemas complexos, liderou um longo processo de escuta, articulação, identificação de problemas, tomada de decisões e implementação de ações com um grupo de profissionais de saúde, hospitais especializados e organizações não governamentais. O resultado dessa iniciativa deu origem, em 2005, ao Unidos pela Cura.

Atualmente o Desiderata mantém seu papel articulador no grupo e contribui com ações estratégicas que aceleram a chegada de crianças e adolescentes com suspeita de câncer aos centros de diagnóstico e tratamento do Sistema Único de Saúde. O resultado desse trabalho conjunto foi a transformação do Unidos pela Cura em política pública implementada no município do Rio de Janeiro a partir de 2010.

O Unidos pela Cura está organizado em três eixos de ação:

Capacitação de profissionais
de saúde da Atenção Primária.

Organização do fluxo de encaminhamento dos casos suspeitos de câncer da Atenção Primária para os hospitais especializados.

Monitoramento dos resultados.

Conheça mais detalhes desse projeto que há 14 anos aumenta as chances de cura de crianças e adolescentes com câncer no Rio de Janeiro.

clique aqui

Principais resultados

Fluxo para encaminhamento em até 72h de casos suspeitos da Atenção Primária para hospitais especializados: 41% dos casos suspeitos foram encaminhados nesse prazo e 19% em até 15 dias. A média anterior era de 60 dias.

Abrangência no município: 84% dos postos de saúde já encaminharam pacientes por meio do Unidos Pela Cura.

100% das unidades de atenção primária do município do Rio de Janeiro recebem anualmente materiais de comunicação sobre sinais e sintomas da doença.

Impacto no encaminhamento rápido de outras doenças pediátricas.

3.632 profissionais da Estratégia de Saúde da Família capacitados para suspeição de sinais e sintomas do câncer infantojuvenil.