Humanização do tratamento

Transformação de espaços de tratamento para crianças e adolescentes em ambientes lúdicos e acolhedores.

Considerando o longo tempo que crianças, adolescentes e seus familiares passam no hospital durante o tratamento de câncer, o Instituto Desiderata investiu na transformação do ambiente, tornando-o um espaço acolhedor, lúdico e agradável para pacientes, cuidadores e profissionais de saúde.

Transformamos quatro salas de quimioterapia, duas salas de internação e um tomógrafo com o objetivo de minimizar os impactos do tratamento em todos os envolvidos através de ambientes alegres e sensoriais.

Para desenvolver os projetos de ambientação em hospitais públicos que fazem parte da política Unidos pela Cura, nos inspiramos na experiência pioneira de humanização da Quimioteca do Instituto de Oncologia/GRAACC, em São Paulo, e na Política Nacional de Humanização do Ministério da Saúde.

O Gringo Cardia é o cenógrafo e designer responsável que trabalhou voluntariamente com o Desiderata na criação desses projetos.

Principais resultados

90% dos pacientes se sentiram mais incentivados a irem para o tratamento.

86% dos pacientes sentiram uma diminuição na sensação de dor e ansiedade durante tratamento.

86% dos pacientes sentiram que o tempo passa mais rápido.

85% dos pacientes sentiram maior privacidade durante o tratamento.

73% dos cuidadores sentiram menos ansiedade.

6.000 crianças beneficiadas por ano nestes ambientes lúdicos e acolhedores.